A casa de árvore urbana

0

Diferente de antigamente quando casas de árvores costumavam ser coisa de criança, onde poderiam brincar e se isolar, são os adultos que estão tomando essa brincadeira de criança para si.

O 25 Green, edifício de cinco andares em Turim, na Itália, construído entre 2007 e 2013 e projetado pelo arquiteto Luciano Pia, tem o conceito de casas de árvores em florestas. Sua estrutura é feita de aço e se parece com uma floresta, onde as árvores, enraizadas em terraços, adquirem formas irregulares. O prédio possui 150 arvores dispostas no terraço, que protegem os moradores do barulho e poluição, fazendo o prédio parecer uma floresta.

O projeto tem 7.500 metros quadrados de área e 4.000 metros quadrados de terraços e telhados verdes. Somadas à outras 50 árvores plantadas no jardim, a vegetação produz oxigênio, absorve anidrido carbônico, reduz a poluição do ar e protege os apartamentos do barulho externo, criando um microclima no interior do edifício que ameniza a queda de temperatura no inverno e o calor no verão.

O projeto visou separar os espaços habitados das ruas, criando uma transição marcada pelo verde, pelas roseiras, pelas frutíferas e ervas aromáticas e pela transparência da estrutura única. O piso de madeira maciça que cobre os terraços, filtra a luz do sol no verão, enquanto, no inverno, permitem a quebra de luz para dentro dos apartamentos. A fachada de tijolos é macia e vibrante. As estruturas metálicas parecem árvores “crescendo” a partir do térreo até o terraço.

Um dos objetivos do projeto é aumentar a eficiência energética e, por isso, várias soluções integradas têm sido adotadas: isolamento continuo, proteção solar, aquecimento e refrigeração que fazem uso da energia geotérmica com bombas de calor e reciclagem da água da chuva para regar os jardins.

No total, são 63 apartamentos equipados com amplos terraços de formas irregulares e árvores de diferentes alturas (entre 2.5 e 8 metros). O último piso é coberto com telhado verde.

A vegetação mostra várias facetas: vasos enormes nos terraços, pátios, jardins verticais e telhados verdes em frente dos lofts. Nos vasos foram plantados arvores e arbustos com alturas que variam de 2.5 a 8 metros.

A sensação é de viver em uma casa pendurada em uma árvore gigante e é provável que você sonhe com a casa ou que viva em um “sonho para sempre”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.