Dólar turismo bate novo recorde e é vendido a R$ 5,40

0

O dólar turismo sofreu novamente um impacto gigantesco com o surgimento do novo coronavírus, o covid-19. O mercado financeiro mundial está sofrendo uma grande mudança neste momento e que vem afetando e muito a forma como nos relacionamos com o mercado exterior.

Viajar, além de ser um desafio, devido ao coronavírus, agora vem encontrando outra barreira gigantesca, o dólar turismo. Apesar de no mundo termos diversas moedas e em cada lugar a mesma ser a preferência para a utilização no mercado, sabemos que o dólar é a moeda mais utilizada em todo o mundo.

Ela é a responsável pelo funcionamento de diversos mercados e setores da economia de vários países. Não poderia ser diferente com o turismo. Basicamente, sabemos que a moeda mais utilizada, independente do país onde estamos, é o dólar.

O impacto do dólar no mundo das viagens

dólar

Apesar de termos ciência da impotência que temos no momento de podermos viajar livremente pelos países que amamos. A interferência da alta do dólar impacta e muito nos lugares que ainda não foram afetados pelo coronavírus.

Além do mais, numa possível recuperação da epidemia, muitas pessoas gostariam de estar viajando e voltando a rotina normal.

O impacto do dólar alto pode ser sentido em passagens aéreas, pacotes, entradas de lazer em parques, museus e outros entretenimentos. O dólar impacta também nas compras no exterior, tanto para pessoas que estejam em uma possível viagem, como em pessoas que importam produtos.

O dólar alto faz um estrago muito maior, que impacta os gastos de brasileiros no exterior, mas também traz consigo um contraponto.

O ponto positivo do dólar alto no turismo

dólar
Ipanema. Foto: Aleksandar Todorovic / Shutterstock

Você deve estar se perguntando: “Como pode ter um lado positivo em ter o dólar alto no turismo?”. Mas como sabemos tudo tem dois lados. Não poderia ser diferente neste caso.

Até o momento só comentamos como o dólar alto no turismo pode ser maléfico para quem deseja viajar para fora do país. Porém, por outro lado, para os pontos turísticos do nosso país, pode ser um ponto positivo, pois pessoas gastando em dólar aqui em nosso território, o valor valoriza e muito.

O fato é que no momento toda essa positividade de nada vale, pois no momento em que redigimos este texto, não é possível nem embarcar e desembarcar na maioria dos aeroportos do mundo todo.

Crise do coronavírus no mundo do turismo

dólar

A crise que o coronavírus vem fazendo no mundo impactou e muito no mundo das viagens. Companhias aéreas estão entrando em estado crítico, pessoas estão cancelando voos, remarcando passagens e diverso aeroportos do mundo todo restringiram voos e aterrissagens de aeronaves enquanto esta crise perdurar.

Com isso, companhias aéreas, aeroportos, empresas ligadas ao turismo estão fazendo demissões em massa, com medo de falirem e piorar ainda mais este cenário.

Diversos países já se comprometeram em auxiliar o setor do turismo, arrecadando fundos de investimento para que as empresas e funcionários não passem por um sufoco ainda maior.

O preço do dólar turismo

Como a alta do dólar chegou até aqui? Conforme conversamos, grande parcela deste caos se dá ao mercado financeiro das empresas ligadas ao turismo, e também a pandemia do coronavírus, que invadiu muitos países.

O dólar já havia passado sua marca histórica, no dia 16, quando chegou a  marca dos R$ 5,00 pela primeira vez na história. O que levou uma alta de cerca de 4,35%, naquele momento. Hoje enquanto escrevemos este texto já ultrapassou a marca dos R$ 5,20 no dólar comercial e R$ 5,40 no dólar turismo.

Quais são os outros países, além dos EUA, que utilizam o dólar como moeda oficial?

Não é apenas os EUA que utilizam o dólar americano como moeda oficial, tampouco apenas países da America do Norte. A divisão dos países que utilizam o dólar americano como moeda oficial é vasta e diversa, veja só:

– Ilhas Virgens Britânicas
– Equador
– Ilhas Turcas e Caicos
– El Salvador
– Guam
– Ilhas Marianas do Norte
– Ilhas Marshall
– Micronésia
– Palau
– Porto Rico
– Samoa
– Timor Leste
– Zimbábue

Dicas para baratear sua compra de dólar

Nem tudo é desespero! Há formas de baratear a compra de dólar e fazer com que sua viagem seja mais tranquila. Siga as dicas abaixo:

– Se programe para fazer a compra. Não tente fazer adivinhações sobre os valores em que o dólar vai estar. Faça uma programação e não espere um momento dito como perfeito para comprar a quantia que você precisa para a viagem.

– Compre aos poucos o dólar. Assim você consegue ir reduzindo o custo médio da compra da moeda. Isto é, se você comprar diversas vezes com valores menores e maiores, vai equilibrar um pouco seu valor final.

– Pesquise! As casas de câmbio mudam e muito os valores, então o preço pode mudar de uma cidade para outra, de uma casa de câmbio para a outra. Entre em contato com várias casas de cambio e anote os valores com taxas e cotações.

– Faça um acompanhamento do mercado e da política, pois tudo isso tem um impacto direto na variação cambial. Você informado, saberá entender o melhor momento para não comprar a moeda com o valor mais alto.

– Mais planejamento: sua viagem deve ser planejada com antecedência, com a listagem de possíveis gastos e de imprevistos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.