“Vivendo Mundo Afora”: uma volta ao mundo de Kombi

Foi durante uma simples ida a uma pastelaria, em janeiro de 2014 que Otaviano Marques Pereira de Oliveira, 30 anos, e Vanessa Monier Côrrea, 27,encontraram um caminho que mudaria suas vidas.

Juntos desde 2012 e apaixonados por aventura, procuravam algo que os tirassem da rotineira vida de administrador e servidora pública, pensando até em abrir um camping em alguma cidade do interior, quando, em uma simples saída de casal, encontraram com uma dupla de aventureiros que contava sua história pelo mundo em um livro. Foi “Mundo Por Terra”, de Roy Rudnick e Michelle Weiss, que inspiraram seu projeto: “Vivendo Mundo Afora”.

Na volta dessa ida a pastelaria, Otaviano surgiu com a ideia de fazerem uma volta ao mundo e, apesar de Vanessa ter hesitado, logo foi convencida pelo companheiro. O planejamento começou ainda em 2014, quando descobriram a aventura que queriam viver.

Dois anos depois, em 21 de janeiro de 2016, o casal fechou as portas de casa e colocaram as malas na Kombi, Maria Eugenia. Maria, Vanessa e Otaviano estavam prontos para a viagem que começou em Joinville, cidade onde moravam, às 21 horas daquele dia, com direito a encontro de despedida.

Tendo visitado 236 cidades brasileiras, o casal percorreu 6.931 milhas, equivalente a 11.154 quilômetros desde que saíram de viagem e é possível acompanhar o percurso feito pelo site do projeto, na aba de “Onde Estamos”, que apresenta um mapa em tempo real.

O foco do “Vivendo Mundo A Fora” é produzir um documentário gravado por toda a expedição que começou no Brasil e seguirá pelas Américas, África, Europa, Ásia e Oceania, nessa ordem. Inicialmente, o casal planejava viajar por quatro anos, seguindo uma média de tempo que outros aventureiros levaram para terminar sua viagem, mas tendo iniciado a jornada, hoje, preveem um tempo de 7 a 10 anos de viagem.

Atualmente ganham dinheiro por meio de quatro pilares, sendo eles: o YouTube, por meio de anúncios, apoios e patrocínio, por meio de um financiamento coletivo – no site é possível encontrar uma aba para apoiar o projeto – e por meio de divulgação de marcas, respectivamente, loja do projeto e rendimento da poupança, já que venderam o que tinham e aplicaram o dinheiro.

Ao terminarem a expedição, Vanessa e Otaviano querem promover a exibição universal gratuita, pela internet, do documentário que estão produzindo e deve haver distribuição de exemplares às escolas públicas do Brasil. Mas, para isso, precisam de investidores.

É possível acompanhar a viagem pelas redes sociais do projeto. O “Vivendo Mundo Afora” possui perfis no Facebook, Twitter, Instagram e Youtube. No Youtube são compartilhados vídeos diários contando experiências, dicas de viagem, informações turísticas e curiosidades, em uma forma de “diário de bordo” que eles chamam de “Big Brother Aventura”.

É uma aventura e tanto não é?! O que você achou do projeto? Comente.

afora, desbravando, desbravar, desbrave o mundo, kombi, kombi home, Mundo, road trip, travel, vivendo, vivendo mundo afora, viver na estrada

Comment

  • Eu os tenho acompanhando todos os dias, não perco um vídeo. É cada lugar fantástico e uma experiência engrandecedora, que só agrega valores a vida. Meu sonho é fazer o mesmo. Me falta a aventureira ao meu lado e apoiadores ao projeto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Contato Geral:
[email protected]

Contato Publicitário
[email protected]

Developed By Vedrak